Último dia cancelado e Frank Brown é campeão do Pré-Mundial de Parapente Além do capixaba tetra-campeão brasileiro e vice mundial, outros brasileiros se destacaram na competição. Em segundo ficou o paulista Alê Santos, único a completar uma prova no campeonato, em terceiro Fernando Rocha e em quarto Luciano Tcacenco "Bafinho".
Quarta Prova com 37Kms e nenhum piloto completa o trajeto no Pré-Mundial de Parapente Mais um dia de condição fraca e céu nublado fez com que novamente o trajeto da prova não fosse completado por nenhum piloto. A prova do dia foi uma corrida para o gol em Engenheiro Caldas, com portão de largada num raio de cinco quilômetros ao redor da decolagem. O vencedor da prova foi o André Rottet, suiço que vive no Brasil trabalhando como projetista da SOl paragliders. Com o resultado do dia, Frank Brown volta a assumir a liderança isolada da competição. Em segundo está Alê Santos, que passou o carioca Fernando Rocha, o terceiro colocado. Outro brasileiro, o gaúcho Luciano Tcacenco, é o quarto colocado
Brasileiros lideram o Pré-Mundial de Parapente em Governador Valadares A condição do tempo nesta quinta-feira foi a melhor da competição e a prova escolhida teve 47,5 quilômetros e foi uma triangulação com portão de largada num raio de cinco quilômetros ao redor da decolagem, primeiro pilão em São Geraldo de Tumiritinga, segundo pilão no posto Monza e gol em frente a decolagem do Pico da Ibituruna. O paulista Alê Santos foi o único a completar o trajeto, em segundo ficou o húngaro Sandor Barth, seguido pelo americano Brett Zaenglein. Na classificação geral, três brasileiros lideram a competição: em primeiro estão empatados Frank Brown e o carioca Fernando Rocha, logo atrás deles está Alê Santos. Outra atração no pouso oficial da cidade é a presença do conhecido paraquedista Sabiá fazendo suas loucuras no ar
Condição fraca e segunda prova do Pré-Mundial de Parapente com 36Kms e nenhum piloto no gol Apesar de ser possível realizar a segunda prova do campeonato, o céu nublado e a condição fraca não permitiu que nenhum piloto sequer completasse a distância mínima de oito quilômetros para que houvesse diferenças na pontuação do dia. Nesse caso, todos os pilotos que decolaram receberão a mesma pontuação e a classificação geral segue a mesma, com Frank Brown em primeiro lugar, Luciano Tcacenco "Bafinho" em segundo e o alemão Andreas Malecki em terceiro. A previsão para esta quinta-feira é que o tempo melhore e seja possível realizar uma prova mais disputada
Mais um dia cancelado no Pré-Mundial de Parapente Mais um dia de chuva e condição fraca em Valadares prejudicou a realização da terceira prova da competição. Este é o segundo dia cancelado de competição. Segunda-feira, por volta das 13h00min o tempo melhorou um pouco e a comissão técnica chegou a definir uma prova de 45 quilômetros, mas a comissão de segurança decidiu cancelar o dia porque ainda haviam muitas nuvens grandes na região e algumas chuvas isoladas, o que não garantia segurança suficiente para a realização da prova. A comissão de segurança é composta por um piloto local que conhece bem a região e outro piloto estrangeiro
Primeira prova do Pré-Mundial com 55 Kms e nenhum piloto no gol em Valadares A proximidade de uma frente fria fez com que a condição de vôo não ficasse ideal e a comissão técnica optou por uma prova curta e a favor do vento, com portão de largada num raio de 30Kms distante do primeiro pilão, que foi a localidade de Fernandes Tourinho e gol antes da cidade de Don Cavati. Frank Brown voou a maior distância e venceu a prova. Em segundo, ficou outro brasileiro, o gaúcho Luciano Tcacenco "Bafinho" seguido de perto pelo alemão Andreas Malecki. O Pré-Mundial tem 160 pilotos inscritos e 28 nações representadas. O Brasil tem três equipes com seis pilotos cada
Abertura "olímpica" no Pré-Mundial de Parapente Neste sábado aconteceu o desfile das mais de trinta delegações presentes na competição e o cerimonial de abertura do mais importante campeonato do parapente mundial em 2004. Domingo começam as provas e a condição do tempo é melhor depois da passagem de uma frente fria que provocou chuva nesta sexta-feira em Governador Valadares
Marcelo Prietto é o campeão da primeira etapa do Brasileiro de Parapente 2004 O piloto gaúcho foi o mais regular nos quatro dias de prova e garantiu o título da primeira etapa do Brasileiro de Parapente 2004. Na competição aberta, em que participam também os estrangeiros, o vencedor foi o russo Nicolai Shorokhov, seguido pelo tcheco Radek Vecera. Marcelo Prietto foi o terceiro no aberto. Em segundo entre os brasileiros ficou o capixaba tetra-campeão brasileiro Frank Brown, seguido por Rafael Carvalho
Quarta e última prova com 62kms e nenhum piloto no gol A quarta e última prova do Brasileiro de Parapente em Governador Valadares teve 62 kms, com start num raio de cinco quilômetros ao redor da decolagem, primeiro pilão na cidade de São Luis de Tumiritinga, segundo pilão em Divino Traíra e gol na Feira da Paz, no centro de Valadares. Nenhum piloto completou o trajeto, mas um pelotão com os pilotos Luciano Bafinho, Frank Brown, Alberto "Pardal", entre outros que estavam disputando o título, pousaram a cerca de cinco quilômetros do gol
Terceira prova com 60 Km e mais de 60 pilotos no gol no Brasileiro de Parapente 2004 Com o tempo bom, a comissão técnica optou por uma prova de triangulação com portão de largada num raio de cinco quilômetros ao redor do Ibituruna, primeiro pilão na cidade de Capitão Andrade, segundo pilão em Alpercatas e gol na Feira da Paz, no centro de Governador Valadares. Mais de 50 pilotos completaram a prova e numa chegada emocionante, Frank Brown, o italiano Paolo Facchini e o russo Nicolai Shorokhov cruzaram a faixa praticamente juntos. Na classificação geral, o russo continua na liderança, seguido pelo tcheco Radec Vecera e pelo carioca André Modelo, líder do brasileiro
Segunda prova com 68,1Km e nenhum piloto chega ao gol O mineiro Rafael Carvalho "Preguiça" foi o piloto que voou a maior distância e pousou a cerca de dois quilômetros da chegada. A prova, de 68,1 quilômetros, teve o portão de largada na cidade de Alpercatas, primeiro pilão em Sobrália e gol na cidade de Naque, o mesmo da primeira prova. Junto com Rafael Carvalho, o russo Nicolai Shorokhov, o carioca André Modelo e o gaúcho Marcelo Prietto "Ceceu" foram os que voaram as maiores distâncias
Mais chuva cancela quarto dia do Brasileiro de Parapente 2004 Nos quatro dias de competição, apenas uma prova foi realizada. Nesta segunda-feira, o mau tempo logo pela manhã mostrou que seria mais um dia de espera na tentativa de se realizar a segunda prova do campeonato. Depois da chuva a comissão técnica chegou a definir uma prova e abrir a janela de decolagem, mas logo em seguida a janela foi fechada e a prova cancelada. Apesar disso, muitos pilotos conseguiram voar nesta segunda-feira no Pico da Ibituruna. Hoje a condição do tempo melhorou e deve acontecer a segunda prova válida para o Brasileiro 2004
Primeira prova com 57,5 Kms e cerca de vinte pilotos no gol A chuva na região parou e depois de dois dias cancelados aconteceu neste domingo a primeira prova do Campeonato Brasileiro de 2004. O trajeto total foi de 57,5 quilômetros, com portão de largada na cidade de Alpercatas e gol em Naque, já na margem esquerda do Rio Doce. Em primeiro lugar chegou o paulista Alberto Lourenço "Pardal", seguido pelo mineiro Cristiano Ricci e pelo capixaba Frank Brown. A condição do tempo em Governador Valadares começou a melhorar e a expectativa é que muita disputa ainda deve rolar durante esta semana no Campeonato Brasileiro de Parapente
Mais chuva em Governador Valadares cancela segundo dia de prova Pela manhã a chuva parou e o sol apareceu, aumentando a esperança dos pilotos de realizar-se a primeira prova do Brasileiro de Parapente 2004. A comissão técnica chegou a definir dois possíveis trajetos caso houvesse condições de vôo, mas a chuva voltou com força e mais um dia foi cancelado. Ainda restam cinco dias de competição e basta uma prova para a etapa ser válida. A comissão técnica é formada por André Fleury, Éverton Seco, Frank Brown, Luciano Tcacenco "Bafinho" e Rafael Carvalho "Preguiça"
Mau tempo cancela primeira prova do Brasileiro de Parapente em GV Apesar da chuva pela manhã, a maioria dos pilotos voou durante o dia no Pico da Ibituruna, mas não foi possível realizar prova. O Campeonato Brasileiro começou nesta sexta-feira e vai até o próximo dia 11 de Março. De 14 a 21 acontece o Campeonato Pré-Mundial, que é o evento teste para o Mundial de 2005. Mais de cem pilotos de doze países, além do Brasil, estão inscritos e treinando em Governador Valadares, com destaque para os húngaros, italianos, poloneses, portugueses e americanos
Rodrigo Monteiro mata as três provas e é o campeão do GV Open 2004 Apesar da chuva pela manhã, a maioria dos pilotos voou durante o dia no Pico da Ibituruna, mas não foi possível realizar prova. O Campeonato Brasileiro começou nesta sexta-feira e vai até o próximo dia 11 de Março. De 14 a 21 acontece o Campeonato Pré-Mundial, que é o evento teste para o Mundial de 2005. Mais de cem pilotos de doze países, além do Brasil, estão inscritos e treinando em Governador Valadares, com destaque para os húngaros, italianos, poloneses, portugueses e americanos

| Primeira Página | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | Última Página |
Procurar por:
     Para fazer uma busca avançada clique aqui

| |
Home | Loja | Busca | Rádio | Cadastro | Seja Correspondente | Notícias | Reportagens | Fotos | Vídeos | Condições do Tempo | Calendário | Blog do China | Lista BR | PWC-Castelo-ES | | Amigos Voadores | ABP | ABVL | Fábio Fava | Lista Vôo Livre - SC | rrpuertas | Parapente Sul | Ventomania | Fly Limit | Ar livre | Academia de Vôo Livre Atibaia | Brasileiro 2006 | PWC2005 - geral | PWC2005 - França | PWC2005-Sérvia | PWC2005-Itália | English |